O teste rápido MedTeste Coronavírus (COVID-19) IgG/IgM foi homologado pela Secretaria Estadual de Saúde e, conforme determinação encaminhada ontem, dia 13, passa a integrar os resultados dos boletins oficiais divulgados pelo Governo do Estado e municípios. A partir disso, não é mais necessária somente a confirmação por parte do LACEN (Laboratório Central do Estado do Paraná) para que o caso seja computado, quando o paciente apresentar reação positiva ao vírus.

Conforme boletim divulgado na manhã desta quinta-feira, dia 14, pela Secretaria de Saúde rondonense, já com a nova informação do teste rápido, Marechal Rondon confirmou mais um caso da doença. Trata-se de um paciente que realizou o teste rápido há algum tempo e que aguardava o resultado do LACEN. A secretaria informou que o paciente já está recuperado, com imunidade alta, não está mais em período de transmissão do vírus e cumpriu todas as normas de isolamento, assim como seus familiares.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O boletim informa, portanto, que o município registrou dois casos positivos através do LACEN; um caso positivo através do teste rápido; 42 casos foram descartados; 1 pessoa está sob investigação; 20 em monitoramento e 143 casos foram liberados da alta do isolamento.