A apreensão estimada em R$ 30 mil foi realizada em uma residência em Umuarama (foto: Divulgação/IRF/Guaíra)

Na última quarta-feira (29), por volta das 12h, Servidores da Inspetoria da Receita Federal do Brasil, em Guaíra/PR, realizaram apreensão em uma residência de Umuarama/PR de mais de R$ 30 mil, em mercadorias de procedência estrangeira, sem a correspondente importação regular.

No momento da apreensão o homem de iniciais R. H. H. F., 37 anos, confessou que as mercadorias seriam vendidas pelo site Mercado Livre.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Em operações realizadas pela Receita Federal em agências dos Correios da região nos últimos anos, já haviam sido apreendidas mercadorias remetidas pelo autuado. Após denúncia anônima a RFB/Guaíra chegou ao local onde as mercadorias eram depositadas e embaladas para posterior envio pelos Correios.

Suspeita-se que tais mercadorias eram levadas de Guaíra e Foz do Iguaçu, via terrestre e por embarcações pelo Rio Paraná até
Altônia, onde seguiam até o depósito em Umuarama.

Segundo informações, o faturamento mensal seria mais de R$ 40 mil. Atuando no Mercado Livre há pelo menos 07 anos, há indícios de que já tenha comercializado mais de R$ 3 milhões.

Agora, além do perdimento das mercadorias, poderá responder penalmente pelos crimes de descaminho, sonegação de impostos, entre outros.

A Inspetoria da Receita Federal (IRF) de Guaíra adverte que toda a comercialização de produtos pela internet deve ser acompanhada de documentação fiscal, ressaltando que a mercadoria oriunda da cota de US$ 300,00 não pode ser utilizada para comercialização em território nacional, conforme art. 155 do Decreto nº 6.759/2009.

Adverte ainda que os crimes de contrabando e descaminho, comuns na região de Guaíra, contribuem para a falência de empresas brasileiras, acarretando no aumento do desemprego e na diminuição da arrecadação de recursos destinados a áreas essenciais como educação e saúde.

A IRF/Guaíra pede aos guairenses que denunciem situações suspeitas dos mencionados crimes. Basta ligar (44) 3642-1141. Sua identidade não será revelada e você fará sua parte como cidadão.

MERCADORIAS-APREENDIDAS-PELA-RECEITA-FEDERAL

MERCADORIAS-APREENDIDAS-PELA-RECEITA-FEDERAL-2

MERCADORIAS-APREENDIDAS-PELA-RECEITA-FEDERAL-3

Portal Guaíra via Assessoria