(Foto: OBemdito)

O jovem acusado de esfaquear o primo de 8 anos foi preso por volta das 19h50 de terça-feira (27). Ele estava em uma propriedade na estrada Moema, zona rural de Umuarama.

Os proprietários notaram uma presença estranha próximo da residência e chamaram a Polícia Militar. O rapaz de 23 anos não reagiu à prisão e ao chegar à Delegacia, por duas vezes, pediu uma marmita de comida.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ele não respondeu às perguntas dos jornalistas. À polícia, porém, disse que passou a noite acordado. Com a roupa muito suja e usando máscara facial, apresentava um ferimento na cabeça, provavelmente provocado pela martelada desferida por uma outra criança na residência em que esfaqueou o primo.

O crime aconteceu na tarde desta segunda-feira (26) na casa do rapaz, no Jardim Shangrilá. O primo estava de visita no local, para brincar com outras crianças.

De acordo com informações apuradas por OBemdito, foram 11 perfurações no garotinho, que passou por cirurgia e segue na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Norospar. A faca, apreendida pela Policia Civil, tem mais 20 centímetros.

O rapaz já tem passagens pela polícia, por tráfico de drogas. Ele também seria usuário de entorpecentes e permaneceu internado várias vezes por transtornos mentais, situação que pode ser verificada pelas falas desconexas. Por esse motivo, OBemdito optou por não identificar o nome do preso.

Aos policiais, ele demonstrava preocupação com o que pudesse acontecer no momento em que chegasse à carceragem, junto aos detentos. Existe a possibilidade do jovem ser transferido para uma delegacia da região.

Portal Guaíra com informações do OBemdito