OBemdito

[dropcap color=”#dd3333″]U[/dropcap]m homem em surto psicótico deu bastante trabalho para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros no início da noite de sexta-feira (22) em Umuarama. Valdir Cícero Romualdo, 38 anos, ameaçava atear fogo na casa onde reside e cometer suicídio, na esquina das ruas Francisco Pelci e Maria Carolina, bairro Panorama.

Ele banhou-se com combustível e espalhou o líquido pela residência. O homem portava várias armas brancas, tais como um machado, foice e pedaços de ferro e pau.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Inicialmente Romualdo colocou fogo no imóvel. As chamas foram contidas por vizinhos e familiares antes mesmo da chegada do Corpo de Bombeiros.

Várias viaturas policiais foram deslocadas para o endereço. Os PMs tentavam negociar a saída do homem de dentro da residência, mas ele estava irredutível. Após quase duas horas os policiais conseguiram fazer com que o homem saísse. Romualdo usou uma gaveta como escudo e tinha um machado na mão, ameaçando os policiais.

Ele foi atingido por um jato de água – do caminhão dos bombeiros – que atrapalhou sua visão. Neste momento os policiais conseguiram conter Romualdo, que foi algemado e encaminhado pelo Samu para o hospital.

Caso passional
De acordo com a mãe e uma prima de Romualdo, ele morava junto com uma mulher há cerca de um ano. Elas explicam que a amásia faz uso de crack e os dois estariam brigando constantemente.

O homem a colocou para fora de casa, mas a companheira teria se instalado em um imóvel abandonado ao lado da residência onde ele mora. Após mais brigas, na tarde desta sexta Romualdo teria entrado nesta casa e tentado agredir a ex-amásia. Um parente conseguir controlar o homem, que foi para sua residência e entrou em surto.

Portal Guaíra com informações do OBemdito