A Polícia Civil de Ubiratã, prendeu um homem por suspeita de participação em um latrocínio, que é roubo seguido de morte, de Verônica Danielli da Silva Olinto de Lima, de 39 anos.

O crime foi em 21 de novembro deste ano. Conforma a polícia, a vítima desapareceu na data após sair de casa para comprar um lanche. O corpo dela foi encontrado no dia seguinte com sinais de estrangulamento em um matagal na área urbana da cidade.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

PM localiza caminhonete de mulher morta estrangulada em matagal em Ubiratã
A polícia afirmou que outra pessoa envolvida no crime está com mandado de prisão em aberto, mas permanece foragida.

No momento a polícia informou que investiga a possível participação de uma terceira pessoa no crime

O crime
O crime foi em 21 de novembro. Quatro dias depois do crime, em 25 de novembro, a Polícia Militar (PM) de Ubiratã encontrou o carro de Verônica às margens do Rio Carajás, na área rural da cidade.

O veículo usado pela vítima estava abandonado no meio de um matagal, cerca de cinco quilômetros do local do crime, conforme a corporação.

Portal Guaíra com informações do G1