O ex-vereador de Assis Chateaubriand Marcos Antonio da Silva, de 52 anos, mais conhecido como “Marquinhos Pixute” foi encontrado morto no domingo (08).

“Pixute” foi encontrado morto no interior de Tupãssi. Atualmente, ele trabalhava como motorista particular “Huber”.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De acordo com informações, o corpo do ex-vereador foi encontrado por volta das 05h38 de domingo, em uma área rural de Tupãssi.

O corpo estava ao lado do seu veículo de trabalho, sendo um veículo Sandero, de cor branca. Ele estava com os pés amarrados e as mãos amarradas para trás, e com diversas marcas de tiro. Uma cápsula estava em cima do corpo, além de muitas cápsulas de armas de fogo, sendo de pistola ou revólver.

A Polícia Militar foi acionada, onde fizeram o isolamento do local até a chegada da Polícia Civil.

Uma equipe do SAMU chegou a ser acionada, mas nada puderam fazer, a não ser a constatação do óbito do ex-vereador.

A Polícia Científica também esteve no local. Uma equipe do IML de Toledo foi acionada, onde recolheram o corpo e encaminharam para exame de necropsia, e logo em seguida foi liberado aos familiares para os atos fúnebres.

A polícia passa a investigar o caso.

O VEREADOR

Marcos Antônio da Silva, completaria 53 anos em abril. Ele foi vereador de Assis Chateaubriand por dois mandatos.

“Marquinhos Pixute” como era carinhosamente conhecido, deixa dois filhos e uma legião de amigos em Assis Chateaubriand e região.

Ele também era árbitro de futebol.

Portal Guaíra com informações de Carlos Corujinha