Prefeitura de Toledo suspende distribuição do medicamento ivermectina para moradores (Foto: Hugo Mendes/RPC)

A Prefeitura de Toledo suspendeu na noite de sexta-feira (8) o programa de distribuição do medicamento ivermectina – que não tem eficácia comprovada para tratamento da Covid-19.

Em um vídeo, o prefeito Beto Lunitti lamentou a medida. A suspensão levou em conta o posicionamento dos profissionais farmacêuticos do quadro da Secretaria Municipal de Saúde, que seguiram orientação do Conselho Regional de Farmácia (CRF).

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Na segunda-feira (11), o prefeito, o vice e a Secretaria da Saúde vão se reunir com representantes dos farmacêuticos e do CRF para tratar do assunto.

Pelo que havia sido anunciado pela administração municipal, a distribuição ocorreria a partir da segunda-feira, nas farmácias públicas do Centro de Saúde, do Jardim Coopagro e do Mini-Hospital.

De acordo com o protocolo, a distribuição seria feita exclusivamente para pessoas com mais 18 anos, que se colocassem de acordo com um Termo de Consentimento, que informaria de possíveis contraindicações à medicação.

O prefeito também anunciou que a suspensão da distribuição da ivermectina não altera o programa de “tratamento precoce”, que tem um cronograma próprio para o início.

As informações são do G1