Em live realizada na noite de domingo (31), a Secretaria Municipal de Saúde e o Comitê de Operações Emergenciais (COE), confirmaram o primeiro óbito em decorrência do novo coronavírus (Covid-19), no município de Toledo.

A vida perdida foi de um homem de 63 anos, que contraiu o vírus após viagem a trabalho. Ele recebeu o primeiro atendimento no último domingo (24), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ele fez o teste e teve a Covid-19 confirmada na última quarta-feira (27). O seu quadro apresentou uma rápida evolução e ele precisou ser transferido para o Hospital Bom Jesus, onde veio a óbito na tarde deste domingo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O paciente se enquadrava nas pessoas consideradas de risco, pois possuía quadros de hipertensão, obesidade, diabetes, além de outras comorbidades. O médico e porta-voz do COE, Fernando Pedrotti, lamentou a morte e reforçou que as equipes médicas da UPA de Toledo e do Hospital Bom Jesus fizeram tudo o que estava ao seu alcance para tentar salvar essa vida.

“É com profundo pesar que anunciamos a primeira morte em decorrência da Covid-19 em Toledo. É uma situação muito triste, por isso a gente apresenta as nossas mais sinceras condolências à família enlutada. Nós também agradecemos a toda a equipe médica que fez tudo que estava ao seu alcance”, comentou.

O médico também enfatizou a importância dos cuidados para evitar o contágio. “A situação é muito grave! Nós pedimos que todos tomem os devidos cuidados com a sua higiene, lavando as mãos constantemente e evitando aglomerações, saindo de casa somente quando extremamente necessário”, ponderou.

Novos casos

Ainda no domingo (31), o COE e a Secretaria Municipal de Saúde confirmaram mais quatro casos positivos da Covid-19 em Toledo. Com as novas confirmações agora a cidade de Toledo chega a 32 casos confirmados da doença.

Os novos casos são de uma mulher de 53 anos, que não tem histórico de viagem recente e também não teve contato com outra pessoa contaminada, sendo mais um caso de transmissão comunitária em Toledo.

O segundo caso é de um homem de 42 anos, que teve contato com um casos confirmados em seu ambiente de trabalho. O terceiro caso é de uma mulher de 41 anos, que apresentou os primeiros sintomas da Covid-19 no dia 18 de maio e também não viajou, tampouco teve contato com casos confirmados.

A última confirmação foi de um homem de 48 anos, que também se trata de mais um caso de transmissão comunitária. Esse paciente apresentou os primeiros sintomas da Covid-19 no dia 18 de maio.

Por fim o médico e porta-voz do COE, Fernando Pedrotti, demonstrou preocupação com o avanço da doença em Toledo. “O que nos preocupa mais é o crescimento no número de casos, que ocorre pelo fato de a doença ser muito contagiosa. Outro fator que preocupa é a rápida evolução dos sintomas, mesmo em pessoas jovens e sem problemas de saúde, visto que temos uma paciente de 21 anos internada na UTI. Desse modo nós reforçamos para a população a importância dos cuidados, devido a gravidade da doença”, concluiu o médico.

As informações são do ToledoNews