As dívidas acumuladas e os repasses insuficientes chegaram ao limite e o Hospital Bom Jesus, de Toledo, anunciou hoje (2) que encerrará atividades, deixando de atender ao SUS, convênios e particular.

A decisão foi tomada a partir de uma reunião extraordinária realizada ontem (1º). A Hoesp – associação que mantém o hospital – emitiu nota onde oficializa que deixará de receber pacientes pelo SUS em 60 dias.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Segundo a nota, todos os meses a dívida do hospital aumenta em R$ 600 mil. Uma das principais reclamações é que as UTIs da região oeste passem a receber R$ 800,00 pela diária, como ocorre em Londrina e Curitiba, ao invés dos R$ 478 pagos atualmente.

Em janeiro o hospital já havia anunciado o fechamento de 10 leitos de UTI geral e 4 de UTI neonatal em 90 dias, pois os leitos eram mantidos sem o recebimento de recursos SUS. Em anos anteriores a decisão pela redução de atendimento chegou a ser comunicada.

Uma nova reunião foi marcada para o próximo dia 17 para confirmar o posterior encerramento das atividades.

Segundo informações o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, o hospital tem 133 leitos credenciados ao SUS, do total de 203 existentes.  Se o fechamento se confirmar, haverá impacto nos hospitais de toda a região.

hospital-bom-jesus-toledo

Portal Guaíra com informações da CGN