Por volta das 22h de sábado (16), a Polícia Militar PM) de Toledo foi chamada para uma ocorrência na Avenida Egídio Munareto, onde segundo populares havia um homem caído.

No local indicado através da denúncia, foi encontrado o corpo de Ademir Roberto de Souza, de 42 anos de idade.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ademir é um ex-policial militar e seu corpo estava atrás de um carro, possivelmente de sua propriedade.

No local havia muitas marcas de sangue e a vítima apresentava sinais de espancamento na cabeça.

Próximo a cabeça do ex-policial estava uma pedra de aproximadamente 1 kg com marcas de sangue, e que teria sido usada pelos agressores.

A Polícia Militar acionou a equipe do Siate, mas os socorristas apenas confirmaram a morte de Ademir.

Investigadores da Polícia Civil de Toledo também estiveram no local e fizeram os levantamentos na cena do crime.

O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Toledo.

Pelos indícios e marcas encontrados pela polícia, houve luta corporal entre a vítima e os autores do crime.

O veículo foi encaminhado para perícia e o caso está sendo investigado pela delegacia de Toledo.

TOLEDO-EX-PM-E-MORTO-COM-PEDRADAS-NA-CABECA

TOLEDO-EX-PM-E-MORTO-COM-PEDRADAS-NA-CABECA-2

TOLEDO-EX-PM-E-MORTO-COM-PEDRADAS-NA-CABECA-3

TOLEDO-EX-PM-E-MORTO-COM-PEDRADAS-NA-CABECA-4

TOLEDO-EX-PM-E-MORTO-COM-PEDRADAS-NA-CABECA-5

Portal Guaíra com informações da Rádio Educadora
Fotos: Radar BO