Uma equipe da Força Aérea Brasileira (FAB) chegou ao aeroporto de Toledo por volta das 12h de quarta-feira (22). Dois técnicos e uma psicóloga foram conduzidos à Fazenda Monte Siom, na linha Mandarina, para fazer a perícia do local do acidente que vitimou o empresário Ivan Rossoni e Luciane Gasparin. A aeronave em que eles estavam caiu na propriedade do próprio empresário por volta das 5h20 da tarde do último dia 21 de abril.

O trabalho dos peritos se estendeu ao longo de toda a a tarde de quarta-feira (22). Dentro da propriedade, o local foi totalmente isolado. A aeronave experimental, RV-7A ficou completamente destruída. Os destroço do avião tiveram que ser removidos com o uso de um trator.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De acordo com informações repassadas por pessoas próximas a família Rossoni, as peças da aeronave foram removidas do local do acidente e ficarão armazenadas em um local delimitado na propriedade. Conforme o avanço da investigação, elas podem ser solicitadas a qualquer momento pelos peritos.

Portal Guaíra com informações da Catve