A Polícia Rodoviária Federal (PRF), na madrugada desta segunda (3) recuperou uma caminhonete roubada em Cidade Gaúcha (PR) e apreendeu cerca de 20 mil carteiras de cigarros contrabandeados em Terra Roxa.

Por volta das 5 horas, agentes da PRF receberam, da PM de Cidade Gaúcha, a informação de um roubo de uma caminhonete Toyota Hilux, por quatro pessoas, tendo sido feito três reféns. Diante das informações, os policiais iniciaram um monitoramento do fluxo de veículos sentido Mato Grosso do Sul, quando visualizaram uma caminhonete com as mesmas características informadas pela PM.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De pronto, iniciaram uma perseguição à caminhonete, mas só conseguiram abordar o motorista na cidade de Mundo Novo (MS), na BR-163. Com o veículo e o suspeito detido, retornaram à Unidade Operacional da PRF na Ponte Ayrton Senna e realizaram a confirmação dos dados via telefônica com a PM, que estava com as vítimas do assalto. Foram enviadas fotos da caminhonete e de alguns pertences, como jóias e outros objetos. Os familiares reconheceram a caminhonete e os pertences, bem como identificaram o assaltante, de 24 anos, morador da mesma cidade onde praticou o assalto.

Diante do reconhecimento do assaltante e dos objetos, os agentes encaminharam o preso para a Polícia Civil em Mundo Novo, para o registro dos crimes de roubo agravado pelo concurso de pessoas, violência e ameaça com emprego de arma de fogo, subtração de veículo transportado para outro Estado e a restrição da liberdade das vítimas.

Logo mais tarde, por volta das 6h45, em Terra Roxa, na BR-163, agentes da PRF tentaram abordar o motorista de um Ford Fusion, que desobedeceu a ordem e fugiu realizando ultrapassagens pela contramão e pelo acostamento, forçando ultrapassagens e colocando usuários da via em risco. Após cerca de 10 quilômetros de perseguição, o motorista adentrou em uma estrada vicinal, abandonando o carro e sendo mais encontrado. No interior do carro, os policiais encontraram cerca de 20 mil carteiras de cigarros contrabandeados e um aparelho de rádiocomunicação ilegal.

Enquanto os policiais faziam as vistorias, aproximou-se um motorista conduzindo um GM Astra. Ele foi abordado e disse à equipe que fazia o serviço de batedor para a carga de cigarros. Com ele, foram apreendidos R$ 2,4 mil. O motorista, de 25 anos, disse retornou ao local para resgatar o motorista que fugiu e que a intenção era levar os cigarros até a sua cidade, Campina da Lagoa (PR). Ele foi preso. No carro, os policiais encontraram outro rádiocomunicador ilegal, na mesma frequência do rádio do Fusion.

Diante dos fatos, ele, os cigarros e os dois carros apreendidos foram conduzidos para a Polícia Federal em Guaíra para o registro dos crimes de contrabando e atividade clandestina de telecomunicação.

Portal Guaíra com informações da PRF