ad

Na madrugada de hoje, mais uma apreensão foi realizada por equipes integradas da OPERAÇÃO HÓRUS, realizada pela POLÍCIA FEDERAL, COBRA/BPFRON/PMPR, POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL (PRF), BOPE/PMMS, FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

Durante patrulhamento de rotina na PR 496, em Terra Roxa, policiais federais e policiais rodoviários federais avistaram um comboio de quatro veículos em alta velocidade. Ao avistarem as equipes policiais, os veículos desobedeceram a ordem de parada e iniciaram fuga.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Durante a perseguição efetuada por viatura da PF, os veículos efetuaram manobras perigosas em alta velocidade, colocando em risco os condutores usuários da rodovia e um deles utilizou o dispositivo de fumaça para dificultar a abordagem polícia.

O condutor do veículo SW4, ao perceber um obstáculo na pista, “jogou” o veículo contra os policiais que estavam no acostamento, que tiveram que pular de lado para evitarem serem atropelados. Esse motorista abandonou o veículo no meio da pista e empreendeu fuga à pé pela mata, não sendo possível localizá-lo.

Na sequência, veio um veículo Vera Cruz em alta velocidade, que não conseguiu desviar da SW4, colidindo em sua traseira. O motorista desse veículo foi preso no local. Os demais veículos conseguiram empreender fuga.

Os veículos possuíam radio comunicadores instalados e estavam carregados com cerca de 90 caixas de cigarros, um prejuízo de R$ 350.000,00, para os criminosos.

Segundo o preso, os veículos foram carregados em Terra Roxa e seriam levados para Umuarama e para o serviço receberia R$ 500,00.

O preso e os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Guaíra para os procedimentos de praxe.

Portal Guaíra com informações da PF