Por volta das 13h30 de hoje (5), a Polícia Militar de Terra Roxa, contando com apoio da Polícia Civil, conseguiu prender um homem suspeito de praticar assaltos contra agencias bancárias.

Durante patrulhamento de rotina, a equipe da PM avistou dois veículos suspeitos, com placas de Santa Catarina, seguindo sentido a saída para Palotina. Ao dar sinal para os veículos pararem, estes fingiram não ter notado e seguiram viagem, sendo que os Policiais deram inicio a um acompanhamento tático.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Próximo a Comunidade de São Benedito, interior da cidade de Terra Roxa, foi possível abordar o veículo GM/Celta, cor prata, placas HBH-8374 de Joinville/SC, conduzido por B. R. S., 40 anos de idade, residente em Joinville.

Em conversa com os policiais, o homem não soube explicar por que não acatou a ordem de parada, e se mostrou muito nervoso. Foi quando ao revistar o veículo, os PMs encontraram diversos utensílios utilizados para praticar arrombamentos em caixas eletrônicos (maçarico, pé-de-cabra, botijão de gás natural e de oxigênio, etc).

O homem confessou que a quadrilha é especializada no roubo de caixas eletrônicos, e já agiram em Santa Catarina, no Paraná e também no Rio Grande do Sul, porém, não disse se já arrombaram algum banco em nossa região. Contou ainda que estariam seguindo para Foz do Iguaçu, mas acabaram se perdendo na rota.

No momento da abordagem do Celta, outros 03 suspeitos conseguiram fugir em um automóvel Fiat/Siena, cor chumbo, placas de iniciais INN, também de Joinville/SC, sentido ao distrito de Santa Rita do Oeste.

Policiais de toda região foram comunicados e estão realizando buscas na tentativa de localizar o veículo e prender o restante da quadrilha.

O preso encontra-se recolhido na carceragem da Delegacia de Polícia Civil de Terra Roxa.

O setor Policial de Terra Roxa pede a comunidade para que, ao avistar um veículo Fiat/Siena, cor chumbo, iniciais INN de Joinville/SC, para que entre em contato com a Polícia Militar de Terra Roxa (44 9710-1270 ou 190), ou Polícia Civil no fone 197.

IMG_1994

IMG_1995

IMG_1996

IMG_1997

IMG_1998

Redação Portal Guaíra