Na tarde de segunda-feira (15) funcionários do Hospital Municipal de Terra Roxa foram surpreendidos com o afundamento do piso localizado ao lado da ala de observação médica. Uma cratera de 2,5 metros de profundidade se formou devido à infiltração.

Preocupado com a situação o prefeito Ivan Reis junto com o secretário da saúde Paulo Cunha, foram até o local para constatar os danos causados e acompanharam o trabalho da equipe de obras do município nas medidas emergenciais,  buscando evitar maiores danos ao prédio, preservando a segurança dos munícipes e profissionais que atuam no local.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

terra-roxa02

A finalização da construção do Hospital Municipal Ângelo Lopes ocorreu em outubro de 2012, embora seu pouco tempo de inauguração, o prédio vem apresentando inúmeras avarias e problemas na instalação elétrica e pluvial, fato que ocasionou inundação recentemente em várias salas do hospital.

De acordo com a Construtora Dinâmica de Cascavel responsável pela obra, amanhã – quinta-feira (18) uma equipe irá até o local para realizar a correção onde houve o afundamento do piso. A empresa é obrigada a prestar os reparos necessários em um período de 5 anos de acordo com as normativas estipuladas em contrato.

Outra questão que vem deixando os funcionários do hospital preocupados é a caixa d´água que vem apresentando desnível em um dos lados de sustentação.

Em uma visita pelo hospital é possível constatar inúmeras rachaduras nas paredes, além da falta de tubulações para o escoamento da água proveniente das chuvas, o que acaba formando possa d´água no pátio interno e externo do hospital.

terra-roxa01

Desde o afundamento do piso a equipe da prefeitura de Terra Roxa vem acompanhando os danos causados e mantém isolado a aproximação das pessoas do local, um banheiro localizado do lado interior também está isolado até que sejam realizados os reparos necessários.

Fonte: Assessoria