MUNICÍPIO DE TERRA ROXA (Foto: Divulgação)

Em Terra Roxa, o Ministério Público do Paraná ajuizou nesta quinta-feira (9), ação civil pública contra um homem que, sabendo ter suspeita de contágio pelo coronavírus, desrespeitou medida de isolamento domiciliar.

A ação é a quinta ajuizada pela Promotoria de Justiça da Comarca contra pessoas que descumpriram determinações das autoridades de saúde.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Mesmo tendo assinado termo de consentimento por meio do qual se comprometia a permanecer isolado em sua residência de 7 a 21 de julho, o homem não foi localizado pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde que esteve no local nesta quinta-feira (9) para coletar material para exame de Covid-19.

Ao ingressar na Justiça, o Ministério Público do Paraná salientou que “a conduta do requerido, além de demonstrar desrespeito para com as determinações do Poder Público e o seu desdém em relação à saúde da coletividade, ostenta potencial de influenciar os demais munícipes a se insurgirem contra as medidas sanitárias preventivas”.

Na ação, a Promotoria de Justiça solicita que seja imposta liminarmente ao requerido a obrigação de permanecer em isolamento domiciliar pelo período determinado pelas autoridades sanitárias locais, sob pena de multa de R$ 1 mil a ser destinado ao Fundo Municipal de Combate a Covid-19. Além disso, pede a condenação do homem ao pagamento de R$ 2 mil como compensação pelos danos morais causados com a conduta.

Portal Guaíra via Assessoria