Na última segunda-feira (16), o velório de uma jovem, de 20 anos, terminou em confusão após um policial militar filmar a cerimônia enquanto parentes e amigos se despediam da moça, em Guarulhos, São Paulo. Karine Cristina Ramos morreu após ser atingida por um tiro em uma festa no último sábado (14). O suspeito do crime é um outro policial militar.

Uma equipe de reportagem da Record TV acompanhava o ato fúnebre, quando, de repente, os profissionais se deparam com desentendimento entre os familiares e amigos da vítima e um homem que estava gravando o velório com um celular.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os familiares abordaram o homem e o imobilizaram. Na sequência, foi encontrada uma arma na cintura dele. Depois, ele foi agredido pelas pessoas que estavam no local.

De acordo com informações que a Polícia Civil deu à Record TV, o homem seria um policial militar à paisana. Ele trabalha na Corregedoria da PM e estaria investigando o caso.

Portal Guaíra com informações do IstoÉ