ad

[dropcap color=”#dd3333″]U[/dropcap]m trabalhador rural de 33 anos foi assassinado na noite de domingo (11) em uma fazenda no município de Rosana (SP).

De acordo com as informações repassadas pela Polícia Civil ao G1, a vítima foi atingida com pelo menos 11 facadas nas costas e na nuca.

Um homem de 23 anos, também trabalhador rural, foi preso em flagrante na manhã de segunda-feira (12) e confessou o crime.

Um outro trabalhador rural, de 24 anos, levou uma facada nas costas, que lhe perfurou o pulmão direito, e foi internado no Hospital Regional (HR), em Rosana, para receber atendimento médico.

As investigações apuraram que, depois do esfaqueamento, o autor dirigiu-se a um bar que fica próximo à fazenda, comprou uma garrafa de pinga e voltou ao local do crime.

Segundo a Polícia Civil, ele jogou pinga no corpo da vítima e chegou a beber a mistura de cachaça com sangue que escorria.

Amigos de infância
O delegado responsável pelas investigações sobre o caso, Ramon Euclides Guarnieri Pedrão, contou ao G1 que os envolvidos estavam todos em um galpão que lhes serve como dormitório, onde assistiam à televisão e bebiam, na noite deste domingo (11), quando teve início uma briga que resultou no esfaqueamento das duas vítimas.

Segundo Pedrão, vivem no local seis homens, todos moradores de Guairaçá (PR) e amigos de infância, que foram contratados como funcionários para trabalhar na colheita de mandioca na fazenda.

Portal Guaíra com informações do G1