Manifestantes atearam fogo em barricadas feitas com objetos plásticos (foto: Daniel Texeira/Estadão Conteúdo)

O grupo de manifestantes que se reunia na rua Serra do Japi, no Tatuapé, zona leste de São Paulo/SP, entrou novamente em confronto com a PM (Polícia Militar) no começo da tarde desta quinta-feira (12). Eles atearam fogo em barricadas feitas com objetos de plástico e depredaram placas e postes de trânsito da região. Por causa da confusão, a PM dispersou o grupo com bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo, mas muitos manifestantes se abrigaram dentro do Sindicato dos Metroviários, que fica na rua Serra do Japi.

Até o momento, ao menos dez pessoas ficaram feridas, entre eles duas jornalistas da rede americana de TV CNN, um jornalista argentino e um auxiliar técnico do SBT. Um homem foi detido pela manhã, mas já havia sido liberado e voltou para a manifestação no começo desta tarde.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Após a confusão, carros estacionados em ruas da região ficaram amassados por causa de pedras e estilhaços de bomba de gás. As ruas Serra do Japi e Platina continuavam bloqueadas no começo desta tarde e a cavalaria da PM (Polícia Militar) estava na região.

Mais cedo, os manifestantes já haviam sido dispersados após uma confusão na rua Apucarana, na zona leste de São Paulo, onde eles se concentravam para o Grande Ato 12 de Junho Não Vai Ter Copa, organizado por seis coletivos. O destino final era a Arena Corinthians, a 11 km de distância, palco do primeiro jogo do Brasil.

Após deixarem o local, os manifestantes seguiram a pé até a rua Serra do Japi, sede do Sindicato dos Metroviários de São Paulo. A categoria marcou um protesto para esta manhã, que aconteceu na parte apenas na porta do sindicato, porém, foi encerrado por volta das 13h.

A Polícia Militar isolou uma área próxima à estação Carrão, na linha 3-Vermelha, do metrô de São Paulo na manhã desta quinta-feira (12). A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) interditou a rua Apucarana e impede o acesso à Radial Leste.

Manifestantes atearam fogo em barricadas feitas com objetos plásticos (foto: Daniel Texeira/Estadão Conteúdo)
Manifestantes atearam fogo em barricadas feitas com objetos plásticos (foto: Daniel Texeira/Estadão Conteúdo)

Fonte: R7