(Foto: São Roque Notícias/Divulgação)
ad

[dropcap color=”#dd9933″]U[/dropcap]m rapaz, preso por torturar a esposa e mantê-la em cárcere privado, em São Roque (SP), teria sonhado que a mulher o estava traindo com outro homem. Conforme o depoimento da vítima, torturada com pimenta nas partes íntimas e agredida com uma mangueira, esse seria o motivo para as agressões.

Durante o período de cárcere, o rapaz, de 24 anos, saía da casa com as duas filhas do casal para que os vizinhos não suspeitassem de nada. Além disso, ele teria mandado a vítima, de 23 anos, escrever em papéis o que faria com ela, como passar pimenta nas partes íntimas e “levar mangueiradas”, enquanto a jovem estava amarrada a uma cadeira com uma abraçadeira de nylon.

A vítima também declarou que o marido jogou água gelada na cabeça dela e sal por todo seu corpo. Durante a tortura, o homem colocava um pano na boca da mulher e ligava o rádio no volume máximo, além de dizer que compraria uma arma para matá-la, conforme o documento.

De acordo com a polícia, o rapaz só foi detido depois que a mulher conseguiu fugir da casa devido a um descuido, no último dia 7 de julho. O suspeito foi encontrado no mesmo dia, próximo à sede da polícia, pois já estava atrás da mulher, segundo a Polícia Civil. Os policiais solicitaram a prisão preventiva do homem, que foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Capela do Alto (SP).

A mulher passou por atendimento médico e realizou exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).

Portal Guaíra com informações do G1


CLINICA SALUTAR