ad

[dropcap color=”#dd3333″]U[/dropcap]m indígena foi detido pela Polícia Civil de São Miguel do Iguaçu, na quarta-feira (15), suspeito de estuprar a própria filha, uma menina de apenas 8 anos. O suspeito foi detido em uma aldeia no distrito de Santa Rosa do Ocoí.

Conforme o delegado Francisco Sampaio, a Polícia Civil teve conhecimento do caso ainda no ano passado e as investigações culminaram em um mandado de prisão expedido pelo juiz Ferdinando Scremin Neto no início do mês.

Ainda segundo o delegado, o indígena, de 44 anos, passava as mãos nas partes íntimas da filha. Apesar de não haver conjunção carnal, o ato já caracteriza o estupro de vulnerável.

Sampaio destacou ainda que, apesar de ser indígena, a lei se aplica da mesma maneira.

Portal Guaíra com informações da Catve


CLINICA SALUTAR