ad

De volta da Argentina, onde empatou por 0 a 0 com o Tigre, pelo jogo de ida da final da Copa Sul-Americana, o São Paulo retomou os treinos na manhã desta sexta-feira, no CT da Barra Funda. Expulso logo no início da partida em Buenos Aires, o atacante Luis Fabiano permaneceu no Reffis para trabalhos de recuperação muscular e não foi ao gramado junto dos companheiros de elenco, que dividiram-se entre o futevôlei e um coletivo.

Sob forte calor, os titulares fizeram atividades leves. Com pequenas redes de vôlei armadas em um dos campos do centro de treinamento, exercitaram-se em clima de descontração, por cerca de 30 minutos. Já os reservas não tiveram moleza: treinaram normalmente, em espaço reduzido. O goleiro Rogério Ceni reforçou uma das equipes. O volante João Schmidt correu ao redor do gramado, sozinho. Na segunda parte, foram trabalhadas finalizações.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O clube aproveitou o dia para antecipar algumas exigências para a temporada de 2013. Todos os jogadores foram submetidos a exames de sangue e apareceram com esparadrapos nos braços. O zagueiro Rhodolfo, por exemplo, não participou do futevôlei, já que foi um dos últimos a ter o sangue coletado para análise.

Não há qualquer indício sobre quem será o substituto de Luis Fabiano no jogo de volta da decisão da Sul-Americana. As opções do técnico Ney Franco são variadas: para manter a função no setor ofensivo, o treinador tem Ademilson e Willian José à disposição. Cícero e Paulo Henrique Ganso surgem como peças que exigiriam uma mudança tática, também apreciada pelo comandante tricolor.

O Tricolor faz sua última partida da temporada na próxima quarta-feira, às 22h, no estádio do Morumbi, precisando de uma simples vitória sobre o Tigre para conquistar o inédito título da Sul-Americana. Qualquer empate levará a decisão para a prorrogação. Se persistir a igualdade, o confronto irá para os pênaltis. O jogo marcará a despedida do atacante Lucas, que está de malas prontas para o Paris Saint-Germain, da França.

Fonte: Globo.com