Unidade de Guaíra terá capacidade para 544 detentos. (imagem ilustrativa)
Unidade de Guaíra terá capacidade para 544 detentos. (imagem ilustrativa)

O governador Beto Richa assina no dia de hoje (9) no Palácio Iguaçu, o contrato de repasse de R$ 117 milhões da Caixa Econômica Federal para construção e ampliação de Unidades Prisionais, em parceria com o Ministério da Justiça.

Serão oito ampliações e seis unidades novas, criando 6.350 novas vagas no sistema penitenciário paranaense, administrado pela Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Paraná. Pelo contrato, até 2014, o Governo do Estado pretende construir 14 unidades prisionais.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

As novas unidades serão erguidas em Apucarana, Campo Mourão, Foz do Iguaçu e Guaíra, com 544 vagas cada, em Londrina, com 576 vagas femininas e em Piraquara, com 516 vagas para presos de 18 a 25 anos.

Em Piraquara serão ampliadas três unidades, duas masculinas e uma feminina, com 501 vagas cada.

As unidades de Maringá, Ponta Grossa e Cascavel serão ampliadas em 334 vagas cada, a de Foz do Iguaçu terá 381 novas vagas e a de Londrina terá 196 novas vagas.

O contrato prevê R$ 160 milhões, sendo R$ 131,9 milhões do Governo Federal e o restante como contrapartida do Governo do Paraná, que bancará também todo o trabalho de manutenção, uso e administração das unidades.