ad

De acordo com a necropsia realizada no corpo da bebê indígena de 11 meses, não há sinais de que ela tenha sido violentada, como cogitou-se na manhã de ontem (06) quando o corpo deu entrada no IML de Cascavel. Segundo contou a mãe, o pai teria abusado da pequena e causado sua morte.

Exames complementares foram enviados para Curitiba para atestar a causa morte da criança.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Porém, há sinais de maus tratos, como doenças de pele, assaduras graves, além da bebê estar abaixo do peso para a idade.

A criança morava na aldeia Rio das Cobras, em Nova Laranjeiras e morreu na noite de ontem (05). O tio da menina, contou que o casal brigava bastante e não cuidava da única filha.

Fonte: Catve