Principais setores estão prestando serviços normalmente

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A Secretaria de Saúde de Guaíra divulgou quais são os horários de atendimento neste início de ano. De acordo com o comunicado, a secretaria está normalizando os serviços prestados, que há três meses estavam sendo realizados parcialmente. O serviço de emergência, porém, está funcionando como sempre, 24 horas.

Com a nova configuração, a farmácia municipal está atendendo normalmente das 07 às 18h. O atendimento ao público também está garantido pelo modelo de atendimento médico eletivo, funcionando então das 07 às 17h, de acordo com a agenda de atendimento dos médicos. Já a Central de Atendimento está sendo realizada em horário especial: das 07 às 12h para o público e das 14 às 17h em expediente interno (serviços de agenda, Tratamento Fora do Domicilio, Auditoria e etc).

Odontologia e Vigilância Sanitária

Os departamentos de Vigilância Sanitária e de Odontologia estão atendendo das 08 às 12h e das 13 às 17h.

Unidades de Saúde da Família

As unidades de saúde da Eletrosul, Jardim Santa Paula, Tancredo Neves e Vila Alta estão atendendo das 07h30 às 12h e das 13h30 às 17h. O mesmo acontece com os programas de agentes comunitários de saúde. As únicas exceções são as unidades de saúde da família da zona rural, em Bela Vista e no distrito de Doutor Oliveira Castro, que atendem das 08 às 12h e das 13h às 16h30.

Controle de endemias

O Departamento de Controle de Endemias, por sua vez, é o único serviço que está com um horário em conformidade com o decreto 364/2012 (que dispõe horário especial – 07 às 13h – de 01 a 31 de janeiro de 2013).

Segundo o secretário José Gonçalves Dias Neto, o novo horário dará mais dinâmica e conforto aos usuários do sistema único de saúde, apesar de alguns setores ainda estarem um tanto limitados. “Os primeiros dias foram mais complicados. Estamos no início de uma nova gestão, com limitadores contábeis e financeiros. Tivemos que reorganizar as unidades de saúde e equipes de saúde da família e rapidamente dar uma resposta. Desde ontem (segunda, 14 de janeiro), estamos tentando reequilibrar os atendimentos, que estavam parcialmente sendo realizados há mais de três meses em horário especial”, observou.