Quatro corpos foram encontrados enterrados em uma chácara de Joinville, no Norte de Santa Catarina, no fim da tarde de quarta-feira (22).

De acordo com a investigação, são vítimas de uma chacina ocorrida em 7 de janeiro de 2023. Naquele mesmo fim de semana, outro crime ocorreu na cidade: em 8 de janeiro, sete pessoas foram assassinadas. Na ocasião, corpos foram encontrados carbonizados dentro de um carro (relembre abaixo). Não há informações se os casos estão relacionados.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

As vítimas encontradas na quarta-feira estavam em estado avançado de decomposição, conforme a Polícia Civil, e os corpos foram ocultados em uma área de mata, de difícil acesso, no bairro Ulisses Guimarães. Uma retroescavadeira precisou ser utilizada.

O crime veio à tona somente em 13 de março, mais de dois meses depois do caso, quando dois suspeitos foram presos em uma operação da polícia.

As duas chacinas, segundo a Polícia Civil, estão ligadas a ações de organizações criminosas. Os corpos serão encaminhados para perícia e identificação.

No outro crime, em 8 de janeiro corpos foram encontrados carbonizados dentro de um carro incendiado no bairro Vila Nova.

Inicialmente, 10 vítimas que moravam na mesma casa, no bairro Morro do Meio, estariam envolvidas. Seis delas foram encontradas com os corpos queimados. O imóvel também foi incendiado pelos autores do crime. Três pessoas conseguiram escapar dos criminosos. Um homem ainda estava desaparecido e o corpo dele foi encontrado cerca de um mês e meio depois.

De acordo com o delegado Dirceu Silveira Júnior, as vítimas eram do Paraná e trabalhavam em uma empresa terceirizada em Joinville.

Na madrugada do dia do crime, teria acontecido um desentendimento fora da casa entre uma das vítimas encontradas carbonizadas e um dos autores do crime, de acordo com o delegado. Horas depois, os suspeitos teriam voltado ao local e ateado fogo no imóvel, como forma de retaliação.

Portal Guaíra com informações do G1