Uma mulher de 21 anos foi espancada e sofreu queimaduras em 30% do corpo após um encontro marcado por aplicativo de relacionamentos, informou a polícia. O caso ocorreu em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, no sábado (22). Um inquérito foi instaurado para apurar a tentativa de feminicídio.

Conforme o relato da vítima aos policiais militares, a jovem passou a noite de sexta-feira (21) com dois suspeitos que conheceu no aplicativo. A dupla teria dito que levaria a mulher até Garopaba, no Sul catarinense, mas durante o percurso as agressões tiveram início.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Após o início das investigações, a Polícia Civil afirmou que a vítima disse ter conhecido o suposto autor das agressões na rede social. Objetos e provas que podem ajudar a entender a dinâmica crime foram recolhidos pelos policiais.

A ocorrência foi atendida pela PM por volta das 12h40, no bairro Colônia Santa Luzia. A jovem foi encaminhada ao hospital do município por conta dos ferimentos. No domingo (23), ela foi transferida para Porto Alegre (RS), onde nasceu.

A vítima teria vindo ao estado catarinense para visitar o pai. Ela será ouvida por videoconferência. A violência sexual foi descartada, informou a Polícia Civil.

No relatório de ocorrência divulgado pela Comando da Polícia Militar na noite de domingo (23), o caso foi registrado como tentativa de feminicídio. A delegada Débora Mariane Jardim disse que a qualificadora do crime também será investigada.

Portal Guaíra com informações do G1