A Polícia Civil identificou Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, como suspeito de ser o responsável pela chacina na creche Aquarela, no município de Saudades, no Oeste de Santa Catarina. O delegado responsável pelo caso, Jerônimo Maçal Ferreira, mostrou a arma do crime: uma espada no estilo samurai. A informação inicial dava conta de que a arma utilizada teria sido um facão, depois, uma adaga.

A arma foi utilizada para matar cinco pessoas, sendo duas professoras, Keli Adriane Anieceviski, 30 anos, e Mirla Renner, 20 anos, além de três crianças.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Segundo o delegado, o autor do crime foi até a creche, no centro da cidade, de bicicleta, por volta das 10h. O suspeito está em estado grave (intubado) no hospital, porque tentou se matar depois da chacina.

Portal Guaíra com informações do ClicSC