Um homem, de 34 anos, foi preso, no fim da noite desta terça-feira (7), suspeito de matar a namorada Roseli Fátima Stoll, de 38 anos. Ele confessou à polícia que matou a mulher asfixiada com uma cinta e que jogou o corpo dela amarrado a uma pedra, no meio do lago de uma usina hidrelétrica, no interior de Alto Bela Vista, no Oeste de Santa Catarina.

Desde a manhã desta quarta (8), quatro bombeiros militares da corporação de Piratuba, incluindo dois mergulhadores, iniciaram as buscas no rio Uruguai, nesta quarta-feira (8), na tentativa de encontrar o corpo de Roseli.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Roseli morava no bairro Nações, em Concórdia, e estava desaparecida desde quinta-feira (2), quando tinha saído do trabalho, em um restaurante no Centro da cidade. Na segunda (6), a família registrou um Boletim de Ocorrência (B.O).

O suspeito foi abordado pela polícia em Antônio Prado, no Rio Grande do Sul, a cerca de 270 km de Alto Bela Vista. Ele fugia em um Renault/Logan e tentou escapar dos policiais, mas foi preso preventivamente e teve o carro apreendido. O homem foi transferido para Concórdia, na região do Alto Uruguai.

Portal Guaíra com informações da Ric Mais