Um detento que havia sido beneficiado com a saída temporária procurou a assistência social de Itajaí, no Litoral Norte, onde fez um pedido de ajuda, segundo a Polícia Militar.

No local, informou que precisava retornar à prisão, mas que estava sem dinheiro para pagar um táxi para leva-lo ao Complexo Penitenciário.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A situação ocorreu no início da manhã de quinta-feira (6), quando a Polícia Militar foi acionada pela assistente social do Centro de Referência (CRAS).

Foragido procura polícia e pede para ser preso após passar fome
No local, os policiais conversaram com o homem, de 35 anos, que relatou ter sido beneficiado com uma saída de sete dias.

Aos policiais, o detento explicou que o retorno estava previsto para a quarta-feira (5), um dia antes. Disse, no entanto, que não conseguiu voltar à prisão por falta de recursos, o que o teria motivado a pedir ajuda no Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Em pesquisa ao sistema, os policiais confirmaram a situação de foragido do homem, que foi algemado e levado até a prisão após exame de corpo de delito.

Portal Guaíra com informações do G1