Alunos e funcionários da Escola Básica Municipal Bairro Bortolotto, em Nova Veneza, no Sul catarinense, começaram na quarta-feira (6) as celebrações do Dia das Crianças. Por conta do sucesso da rifa da fazendinha, que viralizou após a leitura dos prêmios em uma sessão na Câmara de Vereadores, foram arrecadados recursos suficientes para levar todas as turmas do colégio a uma pizzaria (veja vídeo acima da sessão).

A rifa da fazendinha foi feita para arrecadar uma quantia para fazer uma comemoração e homenagem para as crianças. Os prêmios, como porcos, patos, salame e queijo, foram doados pelos pais dos alunos. A cidade tem cerca de 13 mil habitantes e a economia é baseada na agricultura.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Após os vereadores do município caírem na risada durante a leitura dos prêmios, o vídeo viralizou e a rifa acabou vendendo 48 mil bilhetes, arrecadando cerca de R$ 100 mil. O dinheiro vai ser usado nas celebrações da Semana da Criança e também para melhorias na escola, explicou a diretora, Jussara Laíde Savio.

Na quarta, cerca de 200 pessoas, entre alunos e funcionários da unidade escolar, foram até uma pizzaria na cidade vizinha de Forquilhinha. Inicialmente, a ideia era que as turmas que vendessem mais bilhetes da rifa fossem almoçar no local. Porém, com o sucesso do sorteio, todos da unidade de ensino conseguiram participar.

“Eles estão eufóricos, felizes da vida e já estavam ansiosos por esse dia. Vamos deixar eles comerem à vontade, porque todos se esforçaram para vender os bilhetes. E claro, nós fizemos tudo isso por eles, a rifa da fazendinha sempre foi pensando no melhor para os nossos alunos”, disse a diretora.

Continuando as celebrações da Semana da Criança, nesta quinta-feira (7) o restante das turmas também irá à mesma pizzaria. Para sexta (8), haverá comemoração com cachorro-quente e entrega de lembrança. Na próxima semana, as crianças de algumas turmas também devem receber crepe e algodão-doce.

O dinheiro arrecadado com a rifa também será usado para melhorar o ensino na escola. Conforme a diretora, serão comprados televisores para as salas e outros materiais que possam ajudar os professores nas aulas.

Geralmente, o montante arrecadado com as rifas era usado para uma comemoração chamada de Rua de Lazer, em que a escola fechava a via em frente à unidade e alugava brinquedos, como cama elástica e castelo inflável, para as crianças. Este ano, isso não será possível por causa da pandemia da Covid-19.

“Mas, início do ano letivo de 2022, a gente já está deixando dinheirinho guardado para fazer a Rua do Lazer, como a gente costumava fazer”, afirma a diretora.

Prêmios
A rifa foi feita com prêmios doados pelos pais dos alunos e foi comprada por pessoas de outros estados e países. A cidade tem a economia baseada na agricultura e, por isso, na lista de prêmios estão porcos, ovos e até mesmo uma tilápia.

Cada número foi vendido por R$ 2 e as vendas terminaram no dia 14 de setembro. O sorteio foi feito por uma transmissão pelas redes sociais no perfil da escola no dia 20 de setembro.

Portal Guaíra com informações do G1