O boletim semanal da dengue publicado na terça-feira (13) pela Secretaria de Estado da Saúde registra 1.876 casos confirmados. São 86 casos a mais que no informe anterior. Os dados são do 18º Informe Epidemiológico, do novo período sazonal da doença, que iniciou em 31 de julho de 2022 e segue até julho de 2023.

Até o momento 189 municípios registraram casos da doença, sendo que 165 confirmaram casos autóctones, ou seja, a dengue foi contraída no município de residência. Também foram confirmados dois casos importados de Chikungunya e nenhum de Zika Vírus.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Há ainda 5.701 casos em investigação e 344 municípios registraram notificações de dengue, que passaram de 23.990 para 26.089. O Estado não teve nenhum novo óbito, de acordo com o novo boletim, mantendo as três mortes ocorridas anteriormente (Foz do Iguaçu, Maripá e Rolândia).

“A população precisa ficar alerta para os principais sintomas da dengue, como febre com duração de até sete dias, dor de cabeça e no fundo do olho, dor muscular e nas articulações. Caso apresentem febre e alguns desses sintomas, recomendamos procurar atendimento médico o quanto antes”, alertou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Portal Guaíra com informações da AEN