O Sindicato dos Policiais Penais do Paraná lançou na quarta-feira (8) o Mapa de Monitoramento da Prevenção do coronavírus nas unidades penais do Paraná. Nesta primeira sondagem, foram contabilizados 59 policiais penais com a COVID19, 41 com suspeita da doença. Entre os presos são 236 confirmados com a Covid19 e 22 com sintomas e suspeita da doença. Desses, 03 policiais penais na UTI.

Trata-se de um instrumento para que o sindicato contribua trazendo informações em tempo real sobre como as unidades penais estão preparadas no que se refere às medidas de prevenção, estrutura e dar transparência sobre casos suspeitos, confirmados, entre outros temas pertinentes. Para acessar, clique em

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

METODOLOGIA
A coleta de informações está sendo feita junto a grupos de policiais penais de cada unidade penais via resposta de questionários enviados pelo sindicato a cada 7 dias, com questões sobre itens a respeito da prevenção do coronavírus, bem como dados sobre policiais penais e presos com suspeita, contaminados e testados para COVID19.

As informações no mapa estão disponíveis por unidades penais e região, com dados como: disponibilidade de água e sabão, Epis, suspensão de visitas, suspensão de trabalhos interno e externo (não essenciais), treinamento, local para isolamento, triagem e também se há casos suspeitos e/ou confirmados de servidores e presos com a COVID-19, entre outros temas que você pode conferir no mapa.

Os dados sobre números de presos e policiais penais (confirmados, com suspeita, testados) são informados diariamente pelos servidores e atualizados no mapa. O número total que fica em destaque traz dados dos presídios e cadeias públicas.

Importante destacar que nesta primeira sondagem não foram enviados questionários sobre EPI?s para os servidores das carceragens das delegacias, porém nos números gerais sobre se presos e servidores contraíram a COVID19 (ao final do mapa) computam as informações destes locais.

DADOS
Nesta primeira fase, em cada unidade é possível saber como vem sendo realizada a prevenção e combate ao coronavírus nas unidades penais, sobre disponibilização de EPIS, suspensão de atividades não essenciais, aferição de temperatura em presos e servidores, isolamento aos presos com sintomas, entre outros itens que serão atualizados semanalmente com a consulta aos grupos pesquisados.

Como informado acima, os números sobre servidores e presos contaminados, com suspeita e testados são atualizados diariamente a partir da comunicação com os grupos pesquisados. Nesta quarta feira, 08/07, foram contabilizados 59 policiais penais com a COVID19, três desses na UTI, 41 com suspeita da doença. Entre os presos são 236 confirmados com a Covid19 e 22 com sintomas e suspeita da doença.

Como ainda não há testagem em massa, uma reivindicação feita pelo sindicato, ou os servidores vem realizando o teste por conta ou algumas unidades vem se organizando para a testagem. Há até a presente data 421 policiais penais e 115 presos testados.

Portal Guaíra via Assessoria