O Paraná registrou a perda de 6.500 doses da vacina ACWY no mês de agosto de 2022, segundo dados parciais repassados pelos municípios para as Regionais de Saúde.

A perda aconteceu devido ao vencimento do imunizante.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

As vacinas que passaram da data de validade estavam armazenadas nos municípios de Paranaguá, Ponta Grossa, Irati, Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Campo Mourão, Maringá, Apucarana e Telêmaco Borba.

Em nota, a Secretaria da Saúde do Estado do Paraná (Sesa) diz estar alerta e orienta constantemente os gestores municipais sobre a necessidade de ampliar a cobertura vacinal no Paraná.

A secretaria também confirmou que não há doses de ACWY com vencimento para setembro de 2022.

A orientação da Sesa para os 399 municípios foi de que o início da estratégia de vacinação fosse a partir de crianças com 12 meses para a administração do reforço e para trabalhadores de saúde em substituição à vacina Meningo C até o término dos estoques de doses com validade para agosto de 2022.

Também foi reforçada a importância da busca ativa dos adolescentes de 11 a 12 anos, 11 meses e 29 dias de idade ainda não vacinados, conforme a instrução normativa do calendário nacional de vacinação.

O estado possui 1.800 salas de vacina e além de realizar “dias D” de mobilização (sempre aos sábados) para atualização da caderneta de crianças e adolescentes. A Sesa instrui para que os municípios adotem estratégias de adesão do público a essas ações, seja ampliando o número de unidades disponíveis ou através do prolongamento do funcionamento das unidades que realizam a aplicação das doses.

Portal Guaíra com informações da RIC Mais