O 21º Informe Epidemiológico da dengue, publicado na terça-feira (17) pela Secretaria de Estado da Saúde, registra 2.435 casos confirmados da doença no Paraná. São 151 a mais que na semana anterior. Também há 1.898 novas notificações, o que representa aumento de 5,7% em relação ao boletim passado.

Os dados acumulados de agosto de 2022 até 17 de janeiro contabilizam 35.174 casos suspeitos de dengue. Os 2.435 confirmados representam 7% deste total. Dos confirmados, 1.912 (78%) são autóctones, ou seja, a dengue foi contraída no município de residência do paciente. Há, ainda, 6.456 casos em investigação, 23.121 descartados e 3.162 inconclusivos.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

ÓBITOS – O Estado não teve nenhum registro recente de óbito, permanecendo com três mortes confirmadas para o período epidemiológico 2022-2023 (Foz do Iguaçu, Maripá e Rolândia).

“Estamos em um período de calor com bastante ocorrência de chuvas. Isso traz o alerta para que a população aumente os cuidados com o Aedes Aegypti, transmissor da dengue. Deixar os quintais limpos e eliminar todos os recipientes que acumulem água são ações fundamentais para evitar a proliferação do mosquito”, alerta o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

Confira o informe completo.

Portal Guaíra com informações da AEN