Um homem apontado como chefe do tráfico em Sarandi, foi executado a tiros na tarde de domingo (15) dentro do Hospital Metropolitano de Sarandi. De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi baleada enquanto estava internada na UTI.

A vítima de 25 anos estava internada, pois foi baleado na última quarta-feira durante uma briga de facções criminosas

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Três homens teriam praticado o ataque, fizeram pacientes e funcionários de reféns e fugiram logo após o crime. O carro usado na fuga dos criminosos foi encontrado queimado na zona rural de Maringá.

A esposa da vítima estava no hospital horas antes do ataque, ela estava grávida e ganhou bebê no dia anterior.

Portal Guaíra com informações da Rede Massa