Um homem foi executado com 24 tiros, na frente da própria família, na madrugada de sábado (19) em Sarandi, região metropolitana de Maringá. A casa em que ele morava foi invadida pelos atiradores. A mãe da vítima foi detida logo após o crime.

O homem, identificado como Paulo Henrique Lopes da Silva, de 22 anos, estava em casa, na Rua Projetada Três, no Conjunto Triângulo, quando homens pularam o muro da residência. Dizendo serem policiais, os homens arrombaram a porta da casa e entraram.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O homem, que dormia na hora, acordou e tentou fugir, mas foi alvejado e morto na cozinha da residência. Dentro da casa estavam ainda a esposa do rapaz, que está grávida, e a mãe dele.

A polícia encontrou 15 cápsulas de pistola 9mm e 9 cápsulas de pistola .380. Paulo Henrique não tinha passagens pela polícia.

Após o crime, a mãe do rapaz teria retirado da casa uma arma pertencente a Paulo Henrique e, por isso, foi detida. Ela prestou depoimento e foi liberada em seguida. A Polícia Civil investiga o caso.

Portal Guaíra com informações da Ric Mais