Policiais federais de Cascavel em conjunto com o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) aprenderam duas peles de animais: uma de Suçuarana e outra de Onça Pintada, em uma propriedade rural de Santa Tereza do Oeste na tarde de quinta-feira (18).

De acordo com o responsável pelo Parque Nacional, Ivan Baptiston, após uma denúncia de caça na região da propriedade, os fiscais e os policiais federais estiveram no sítio e detiveram cinco pessoas.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

peles-de-animais-st

De acordo com o delegado da PF, Gastão Schefer, os detidos confessaram a caça da Suçuarana. A pele do animal estava secando a cerca de uma semana. Já a pele da onça, seria antiga e presente de um conhecido de um dos suspeitos do Mato Grosso.

Também foram apreendidas três espingardas. Segundo o responsável pelo Parque Nacional, um dos detidos teria relatado que a Suçuarana teria abatido um bezerro da propriedade, por isso a mataram.

Sobre a utilização das peles, elas seriam espécie de troféus para os caçadores.

As peles devem ser levadas para o Instituto Chico Mendes e depois servirão para estudos ou encaminhadas a Museus para fins educacionais.

peles-de-animais-st8

peles-de-animais-st2

peles-de-animais-st3

peles-de-animais-st4

peles-de-animais-st5

peles-de-animais-st6

peles-de-animais-st7

Fonte: Catve