Uma fiscal da Secretaria do Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Santa Tereza do Oeste foi morta na tarde desta quinta-feira (30).

O Crime bárbaro aconteceu no aterro sanitário da cidade. Além da mulher outro funcionário que acompanhava a vítima, também foi agredido.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Informações apuradas pela CGN dão conta que Sandra Marilda Lopes de 54 anos, acompanhada de outro funcionário identificado apenas como Vaguinho foram até o aterro para fazer uma fiscalização no local, no entanto ao chegarem na localidade, um grupo de pessoas não autorizadas, estavam recolhendo materiais. Um discussão teria se iniciado e o grupo agrediu os funcionários

Além de ser agredida e esfaqueada, a mulher foi atropelada pelo próprio carro que ela conduzia, um veículo Uno da Prefeitura, o carro foi abandonado após o crime em uma localidade chamada Vila Operário.

Vaguinho também foi agredido, ele foi atendido e encaminhado ao hospital. Sandra era funcionária concursada e trabalhava a 20 anos no serviço público.

Pessoas que estavam no local ficaram chocadas com a brutalidade que o crime aconteceu. O prefeito da cidade esteve no aterro e falou com a imprensa. Ele pede que a justiça seja feita e que a população ajude a identificar os envolvidos.

Policiais militares, civis e peritos do Instituto de Criminalística estiveram no local. O corpo de Sandra foi levado para o Instituto Médico Legal de Cascavel.

SANTA-TEREZA-FISCAL-DE-PREFEITURA-E-ASSASSINADA-EM-LIXAO

SANTA-TEREZA-FISCAL-DE-PREFEITURA-E-ASSASSINADA-EM-LIXAO-2

SANTA-TEREZA-FISCAL-DE-PREFEITURA-E-ASSASSINADA-EM-LIXAO-3

SANTA-TEREZA-FISCAL-DE-PREFEITURA-E-ASSASSINADA-EM-LIXAO-4

SANTA-TEREZA-FISCAL-DE-PREFEITURA-E-ASSASSINADA-EM-LIXAO-5

Portal Guaíra com informações da CGN