Correio do Lago

[dropcap color=”#dd3333″]E[/dropcap]m patrulhamento aquático pelo Lago de Itaipu para averiguar uma denúncia anônima de pesca predatória na região da Linha Maraskin, durante a terça-feira (19), militares da Polícia Ambiental apreenderam 700 metros de redes que estavam armadas de forma irregular.

De acordo com a Polícia Militar Ambiental, as redes estavam fechando um dos braços do lago o que contraria a Instrução nº026 de 2009, do Ibama.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Próximo a um acesso clandestino de pesca, foi localizado à margem do lago um saco contendo 52 boias loucas e 10 metros de rede malha 1,5.

O material foi apreendido e encaminhado ao posto policial de Santa Helena. Ninguém foi preso.

Portal Guaíra com informações do Correio do Lago