M. S., de 45 anos, foi espancada pela nora de 22 anos de idade, na manhã de terça-feira (10), em sua residência, na Rua Goiás, região central de Santa Helena.

Segundo a vítima, uma discussão motivada pelo uso de narguilé, se iniciou na noite de segunda (09), através do aplicativo WhatsApp, onde sua nora lhe acusava de ter “caguetado” ela e o namorado (filho da vítima), para o seu esposo, dizendo que os dois estariam fazendo uso de narguilé.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De acordo com o que consta no B.O., registrado na Polícia Civil, a autora das agressões invadiu a residência e ofendeu M. S., com palavras de baixo calão, dizendo que ela era louca e que fingia estar doente para receber benefício do INSS, falando ainda que a vítima fingiu estar grávida para segurar o marido.

Ela relatou à polícia que em determinado momento sua nora começou a gritar e espancá-la, e ao mesmo tempo dizia para os vizinhos que sua sogra estaria tentando lhe matar.

Conforme a mulher agredida, sua nora conseguiu imobilizá-la no chão e desferiu diversos socos, sendo que as agressões só cessaram quando vizinhos interviram, então a agressora ainda permaneceu no local aguardando que seu namorado, filho da mulher a qual teria acabado de agredir, chegasse e em seguida os dois foram pra casa.

briga-nora-e-sogra-em-santa-helena

Portal Guaíra com informações do Correio do Lago/CGN