(Foto: Correio do Lago)

Uma avicultora de Santa Helena, moradora do distrito de São Clemente, postou um vídeo em suas redes sociais na quinta-feira (04), onde mostra cerca de 16 mil aves de corte, prontas para o abate, mortas em decorrência da falta de energia elétrica.

De acordo com a produtora rural, a Copel teria realizado um corte no fornecimento de eletricidade sem aviso prévio na quarta-feira (03), para realizar uma manutenção na rede elétrica. Neste mesmo dia os frangos eram carregados para o frigorífico.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Pilhas de frangos mortos de acumularam em meio ao aviário, foi necessário o auxílio de uma retro escavadeira para fazer buracos na propriedade e enterrar os animais mortos.
A produtora ainda relata que, além do prejuízo com morte dos animais que seriam carregados naquele dia, terão de arcar com despesas de pessoal e máquinas para a remoção dos animais mortos de dentro do aviário.

“Pagamos mais de 2mil reais de energia elétrica por mês, para acontecer isso, se a gente não paga eles cortam, não querem nem saber, agora quem irá de arcar com os prejuízos? Mais uma vez o produtor rural”, relata a moradora indignada.

O prejuízo é estimado em 200 mil reais.

Portal Guaíra com informações do Correio do Lago