Foto: Correio do Lago

ad

[dropcap color=”#dd3333″]O[/dropcap] Tribunal do Júri está reunido em Santa Helena na quinta-feira (7), para o julgamento de Janete Boeni, de 47 anos, acusada de matar a própria irmã. O corpo de Ladis Boeni, de 52 anos, foi encontrado já em decomposição, coberto por uma camada de cimento, nos fundos de sua residência.

Janete é acusada pela morte e pela ocultação do corpo da vítima. Ela teria dito para a família que a irmã tinha viajado para Cuba, onde encontraria com um médico com quem mantinha relacionamento amoroso.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A suspeita ainda teria furtado o carro da irmã e fugido para o município de Penha, em Santa Catarina, onde foi presa cerca de uma semana depois de o corpo ter sido encontrado. Janete está presa desde então.

Atualização

Janete Boeni foi condenada na quinta-feira (07), pelo conselho de sentença do Tribunal do Júri, há 22 anos e 146 dias de prisão, pelos crimes de homicídio simples, ocultação de cadáver, roubo de veículo e acusação indevida.

Portal Guaíra com informações do Correio do Lago