Um homem, de 56 anos, é suspeito de matar e carnear um cachorro em São Valentim do Sul, na Serra do Rio Grande do Sul. As imagens foram divulgadas na sexta-feira (4). A polícia investiga o caso como maus-tratos.

Em imagens obtidas pela polícia, o homem aparece próximo a um açude, junto do corpo do animal pendurado, retirando a pele do cachorro. As fotos ainda mostram a carne sendo colocada em espetos e assada em uma churrasqueira.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Conforme o delegado de Guaporé, Tiago Lopes de Albuquerque, as informações foram repassadas pela Brigada Militar, em ocorrência. Apesar do caso ter vindo a público apenas nesta semana, o delegado afirma que ainda não tem a data exata de quando as imagens foram feitas. Segundo apurado até então, foram tiradas há cerca de 30 dias.

O caso teria chegado até a BM após uma denúncia, mas o homem não foi localizado quando os policiais chegaram ao local.

Segundo a Brigada Militar, ele foi encontrado e abordado em via pública, em Dois Lajeados, de onde seria morador, dias após a denúncia. O homem confessou ter matado o animal a golpes de madeira para consumo, mas não foi preso pois não houve flagrante.

Portal Guaíra com informações do G1