Padre Neimar (à direita) com vários colegas atletas

ad

[dropcap color=”#dd9933″]C[/dropcap]omeça hoje (4) em Roma, na Itália, a 11ª Clericus Cup, espécie de “Copa do Mundo” disputada por seminaristas e padres de colégios católicos ligados a diversos países do planeta.

O torneio contará pela primeira vez com 18 equipes, incluindo o Colégio Pio Brasileiro, que aposta suas fichas em Neimar. Sim, esse é o nome de uma das “estrelas” do time, Neimar Aloísio Troes, padre de 34 anos que, ao contrário de seu homônimo famoso, Neymar, atua como meio-campista.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Carrego um nome pesado e prestigioso no mundo do futebol. Espero ser digno dele. Que deus me abençoe”, comentou o sacerdote, às vésperas da estreia na competição.

Outro destaque da escola, que fica em Roma e é mantida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), é o goleiro Carlos Gomes, de 37 anos, que antes de fazer seus votos vestiu a camisa do Goiás na Série B.

“Há 20 anos, estava para me transferir para a Itália e jogar no Cagliari. Mas não passei nos exames médicos por causa de uma arritmia”, disse o arqueiro.

A Clericus Cup é promovida pelo Centro Esportivo Italiano (CSI), com apoio da Conferência Episcopal Italiana (CEI) e do Conselho Pontifício para a Cultura, ligado à Santa Sé.

As partidas serão disputadas no Campo Pio XI, a poucos metros do Vaticano, e reunirão 372 jogadores de 66 nacionalidades. As 18 equipes serão divididas em quatro grupos, sendo dois com cinco e dois com quatro. As duas mais bem classificadas em cada chave avançam ao mata-mata, culminando na final de 27 de maio.

Um dos times, o Chape Cusmano Belga, guiado pelo padre brasileiro Adenis de Oliveira, jogará de verde em homenagem à Chapecoense, vítima de um desastre aéreo que matou 71 pessoas no fim de 2016.

PADRE NEIMAR

O padre Neimar Aloísio Troes, natural de São Roque, interior de Marechal Cândido Rondon, com familiares em Palotina e com uma importante passagem pela cidade de Guaíra, é o representante da região Oeste do Paraná na 1ª Clericus Cup, espécie de “Copa do Mundo” disputada por seminaristas e padres de colégios católicos no Vaticano.

Neimar, que há seis meses se mudou para a Itália para uma graduação, é um dos integrantes do selecionado brasileiro, e tem chamado a atenção da imprensa internacional por conta do seu nome.

 

Portal Guaíra com informações da IstoÉ