A Polícia Civil do Rio de Janeiro apreendeu na sexta (7) R$ 1 milhão de uma organização criminosa que atuava em crimes de lavagem de dinheiro, após furtos mediante fraude, como golpes do PIX e clonagem de aplicativos de mensagens.

A prisão foi realizada pelo Departamento Geral de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O montante estava em um shopping na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

Na ação, duas pessoas foram encaminhadas à delegacia especializada para prestar esclarecimentos.

Os agentes investigam também possível envolvimento do bando com outras quadrilhas que teriam cometido crimes como fraudes a licitações em diversos municípios do estado do Rio, sonegação e fraudes fiscais.

Uso de laranjas

As investigações contaram com informações da Unidade de Inteligência Financeira e de Setor de Compliance Bancário, que apontaram para a existência de um sofisticado sistema de movimentações financeiras de empresas de fachada e utilização de laranjas para transferência e saque de altos valores em espécie.

De acordo com a Polícia Civil, o valor apreendido foi contabilizado e depositado em conta judicial para garantia de ressarcimento a vítimas e lesados. As investigações vão prosseguir em sigilo para identificação dos demais envolvidos na ação criminosa.

Portal Guaíra com informações da EBC