Os pais de duas crianças, uma de 6 anos e outra de 1 ano, foram presos na quinta-feira (5) em Paraty no Rio de Janeiro. Os dois são suspeitos de estuprar as crianças, gravar vídeos do abuso e divulgar as imagens na internet.

Os responsáveis pelos menores foram presos durante a Operação Non Matri da Polícia Federal. As investigações foram iniciadas a partir de informações repassadas pela Agência da União Europeia para a Cooperação Policial (EUROPOL) ao Serviço de Repressão a Crimes de Ódio e Pornografia Infantil da Polícia Federal (Sercopi/PF).

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os policiais federais apuraram vídeos divulgados no exterior de abusos sexuais cometidos contra crianças que seriam brasileiras.

Ambos responderão pelos crimes de estupro de vulnerável e de compartilhamento e armazenamento de pornografia infantil. Caso sejam condenados, o casal pode pegar pena máxima de 25 anos.

Portal Guaíra com informações do R7