Na última sexta-feira (07) um indivíduo de 42 anos foi preso em flagrante em Apucarana por estupro de vulnerável. O caso foi divulgado apenas nesta terça-feira (11).

Segundo depoimento da avó da vítima para o Portal TN Online, ele teria violentado a ex-enteada, de 16 anos, que sofre de distúrbios mentais. O caso aconteceu no Jardim Catuaí.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Segundo o depoimento da avó, que é quem cria a menina desde pequena, o abusador foi casado com a filha dela durante 3 anos, mas a neta nunca morou com o casal. Mesmo depois da separação, a família manteve um relacionamento amigável com ele. “Quero justiça, ele sabia que ela era especial e a gente confiava nele, como se fosse um parente, a gente tinha respeito por ele. O que ele fez foi uma crueldade com a minha neta“, relatou.

A responsável pela menor acionou o Conselho Tutelar e a Polícia Civil. A menina foi encaminhada para o Hospital da Providência, onde foram constatadas lesões na região perianal, que comprovam que ela foi violentada.

A menina está recebendo acompanhamento psicológico.

Portal Guaíra com informações do TN Online