A fábrica da Renault de São José do Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, in­­terrompe a produção partir de hoje até 8 de fevereiro por causa de obras de ampliação. A unidade deve deixar de produzir cerca de 40 mil automóveis no período, segundo a montadora. A paralisação envolverá 40% do total de 6 mil empregados da empresa.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Com as obras, a Renault vai aumentar em 100 mil veí­culos sua capacidade anual, para 380 mil unidades. O potencial de produção passará de 47 veículos para 60 veículos por hora. As férias na fábrica de automóveis vão de 10 de dezembro e 20 de janeiro. Após o retorno das férias haverá um período de duas semanas de treinamento. A fábrica de comerciais leves em parceria com a Nissan vai funcionar normalmente.

A empresa já afirmou que terá vendas menores no primeiro trimestre por causa da interrupção da produção. “Teremos que crescer em dez meses o que cresceríamos em doze”, disse recentemente o presidente da Renault do Brasil, Olivier Murguet, em entrevista a jornalistas.