ad

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu em Ibiporã, na terça-feira (16), cerca de 800 mil carteiras de cigarros.

Avaliada em aproximadamente R$ 4 milhões, a carga contrabandeada do Paraguai era transportada em duas carretas, que transitavam pela BR-369, sendo uma com emplacamento de Umuarama e outra de Alto Paraíso.

De acordo com a PRF, as duas carretas se deslocavam aparentemente juntas na rodovia. Ao serem abordados, os condutores abandonaram as carretas e empreenderam fuga a pé em área de mata próxima. Um deles foi alcançado e o outro continua foragido.

As carretas estavam carregadas de cigarros do Paraguai (cerca de 40 mil pacotes cada) e teriam como destino a cidade de São Paulo, segundo o condutor preso de 42 anos. Ele também informou à equipe que receberia R$ 5.000, pelo transporte do contrabando.

O homem que fugiu já foi identificado e continua foragido até o momento. O outro foi preso em flagrante pelo crime de contrabando e encaminhado para a Polícia Federal de Londrina e os veículos para a Receita Federal da mesma cidade. Os nomes dos condutores não foram informados pela PRF. Os dois seriam moradores de Umuarama.

Rebite
No bolso de um do caminhoneiro preso, os agentes da PRF encontraram uma cartela de 15 comprimidos – com dois deles já utilizados – de um tipo de anfetamina conhecida popularmente como ‘rebite’. O medicamento é utilizado para prolongar o tempo de direção em rodovias, prática ilegal que aumenta o risco de acidentes.

Portal Guaíra com informações da PRF


CLINICA SALUTAR